Notícia

Postada em: 24/12/2014 ás 17:13
Por: Neto Rocha

Confraternização revela emoção e reconhecimento

Festa de formatura e confraternização revela emoção e reconhecimento dos representantes das comunidades


Gestores, conselheiros e monitores das comunidades acolhedoras contempladas pelo Projeto "Acolhe Alagoas" viveram momentos de emoção, alegria e reconhecimento na manhã e tarde desta terça-feira (22), durante a confraternização e festa de formatura do Programa de Formação Permanente da Ação de Monitoramento do Projeto "Acolhe Alagoas".

Promovida pelo Centro de Educação Profissional e Superior Santa Maria Madalena (Cenfap) e a Secretaria de Estado da Promoção da Paz (Sepaz), por meio da Superintendência de Políticas Sobre Drogas da Sepaz, a festa de formatura foi aberta com número musical executado pela cantora Lorena Cristina e o músico João Pedro (ao violão) e não limitou-se a entrega de certificados dos profissionais da rede de acolhimento e colaboradores das comunidades.

Anderson Tiago, que compôs a mesa de abertura como representante da Comunidade Shalon, afirmou: "agradeço demais essa formação, que nos possibilitou mais conhecimento científico para fortalecer nossos argumentos e técnicas adequadas que permitiram segurar nossos amigos tratamento e  vencermos as drogas". Opinião compartilhada por presidentes, coordenadores, conselheiros e monitores presentes, unânimes em reconhecer o Cenfap como um referencial e a importância das formações realizadas e o benefício em adquirir novos conhecimentos.

A diretora acadêmica da instituição, professora Idabel Nascimento Silva, agradeceu o reconhecimento e falou sobre o desafio que foi desenvolver estudos e práticas para um monitoramento diferenciado, não impositivo. Agradeceu o acolhimento recebido das comunidades, de elas terem atendido ao chamamento e hoje apresentarem resultados satisfatórios na recuperação de dependentes químicos que voluntariamente permitem ser tratados nas comunidades conveniadas com o Estado.

"É uma honra compartilhar esse momento com vocês que confiaram no nosso trabalho. 1.200 famílias de adictos foram pesquisadas pela nossa equipe sobre o que foi realizado pelas comunidades que acreditaram na política de ressocialização. O resultado dessa pesquisa, entre outros dados, será levado ao conhecimento do governo e das comunidades. Portanto, encerramos essa primeira etapa, mas a nossa história não termina hoje. Em janeiro de 2015 vamos dar prosseguimento ao curso de pós-graduação e a formação com novos cursos, a exemplo de panificação, sorveteria, corte e costura, entre outros com algumas comunidades contempladas com equipamentos. Temos muito a comemorar, a festa é de todos nós!".

PREMIAÇÃO

Houve premiação às comunidades participantes da I Mostra de Artes Acolhe Alagoas, a saber: Dona Paula, Nova Vida, Gênesis, Shalon, Casa Dom Bosco, Bom Samaritano, Casa Betânia, Juvenópolis, Yobel, Nova Jericó e Rosa Mística. Também houve premiação com um banner para a Comunidade Casa Betânia, que participou I Gincana Integra Acolhe Alagoas. Ganharam cestas natalinas a Comunidade Dona Paula, pelo destaque em organização, estrutura física e recursos humanos, bem como a Comunidade Inove, pela representação em todos os eventos organizados pelo Cenfap, tendo participado em todos os segmentos.

Antes do almoço de confraternização oferecido aos presentes, aconteceu a entrega de presentes com o Amigo da Fé e cada comunidade, através de seu representante, também recebeu uma cópia do documentário sobre a I Mostra de Artes Acolhe Alagoas (I MAR), realizada em outubro, no palco do Teatro Deodoro.

Tão logo o Cenfap venceu e assinou o contrato licitatório com o governo do Estado, em abril deste ano lançou o Programa de Formação Permanente com os seguintes cursos: Curso de Formação de Nível Básico em Reabilitação de Dependentes Químicos para Monitores/Conselheiros, Curso de Formação de Nível Básico em Gestão de Comunidades Acolhedoras para Presidentes /Coordenadores e Curso de Formação em Nível de Pós-Graduação Latu Sensu em Reabilitação de Dependentes Químicos para Técnicos das Comunidades Acolhedoras. Todos os cursos foram realizados e com êxito atestado pelos participantes


Espalhe por a

(82) 3338-4185 / 3338-2078

  • Endereço

    Rua Desembargador Hermann Soares Torres, 279 - Maceió/AL
    CEP: 57.050-420 - Farol
    Fone: 82 3338.4185